domingo, 22 de maio de 2011

Cascata da Cabreia e Maratona de Gouveia

A Cascata da Cabreia é uma cascata de origem fluvial que se localiza na Serra da Cabreia,na freguesia de Silva Escura, concelho de Sever do Vouga e distrito de Aveiro.

Esta cascata apresenta-se como uma queda de água de razoável altura com origem nas águas do rio Mau que desce de uma serena bacia fluvial, envolta numa densa vegetação, onde o tom verde se estende até se perder de vista. Assim a Cascata da Cabreia, localizada nas fragas da Serra da Cabreia, tem 25 metros de altura. Encontra-se envolta numa atmosfera romântica onde o silêncio impera. Nas imediações desta cascata existe um parque de merendas com as respectivas estruturas de apoio.

Hoje visitámos mais uma vez a cascata da Cabreia,com passagem pelas minas do Braçal,marco geodesico,Vila Nova de Fusos entre outros locais.


... o Pedro em grande pose :)


...o amigo Zé Bernardes estava com a família a fazer um churrasco bem bom, foi o nosso abastecimento :)


... depois de subirmos ao marco geodesico vieram as descidas até Vila Nova de Fusos...









...em Vila Nova de Fusos passámos por casa dos pais do Pedro Paiva para dar os parabens ao pai, desejamos que continue em grande forma ´pelo menos até aos 100, no entanto deve trocar a bike de quatro rodas por uma só de duas :)





... estava na hora de ir ao almoço,foi uma volta nas calmas com 42 km's


A 200 km's de distância decorria a Maratona de Gouveia...

Gouveia é uma cidade portuguesa pertencente ao Distrito da Guarda, região Centro e sub-região da Serra da Estrela, com cerca de 3 800 habitantes.

Diz-se que Gouveia terá sido povoada pelos Túrdulos no século VI a.C. e, posteriormente pelos Luso-Romanos. A rainha D. Teresa doou-a no ano de 1125 aos freires da Ordem de São João de Jerusalém, radicados no Mosteiro de Águas Santas, na Maia.

D. Sancho I, ao vê-la abandonada, outorgou-lhe foral em 1186 enchendo de privilégios os seus moradores, tentando desta forma assegurar o seu repovoamento.

Os Cagaréus estiveram hoje na Maratona de Gouveia.












2 comentários:

Michel Schanuel Girardi disse...

Bela cascata! Nessa época aqui no Brasil a água das cascatas (cachoeiras) se encontram muito frias e fica até difícil tomar um banho!

E os Cagaréus seguem se divertindo a melhor maneira, curtindo bem a vida...

Abraço!

Violino disse...

Olá,

Belas fotos como sempre dos amigos Cagaréus.

Parabéns a todos em especial ao pai do Pedro (Zé Paiva) por mais uma primavera.

Portai-vos mal.

G. Batista