sexta-feira, 21 de março de 2008

Angarna Cleaning

Hoje foi dia de ir dar uma ajuda aos amigos do Angarna, na recolha de marcações do grande Raid que se realizou no passado Domingo 16 de Março.Pelas 8,30 horas eu e o Ferrão saimos de Aveiro com destino a Vila Nova de Monsarros,onde chegámos pelas 9,00 horas a tempo de tomar um excelente pequeno almoço com aquele pão à moda da aldeia.
Depois demos início ao Angarna Cleaning e ao longo de 30 kms tudo foi passado a pente fino para que nem uma fita ou placa ficasse esquecida,ao mesmo tempo que nos divertíamos e até deu para um capotanço da minha parte .Agora falta retirar o resto do percurso o que deverá acontecer na proxima semana.Como menbro do M.T.L.Trilhos limpos foi com enorme satisfação que verifiquei que nem uma prata de barras,nem uma embalagem de gel e só uma garrafa de agua foram encontradas, o que demonstra que água mole em pedra dura tanto bate até que fura.Para isto contribui tambem e muito a atitude da organização ao apelar através da mensagem anexa ao pinheirinho que ofereceu e que resumo aqui à frase que mais me tocou "Vamos deixar os trilhos da Bairrada limpos!Pelos que foram,por nós e pelos que virão, vamos cuidar do que é nosso" e tambem ao facto de quase toda a água ser de embalagem de 1,5 litros obrigando assim o pessoal a abastecer o camel, um exemplo a seguir por todos.
Para terminar faço um apelo a todas as organizações para que ponham os olhos neste exemplo, isto não custa nada,o pessoal diverte-se e a Natureza agradece.


Para começar nada melhor que umas escadinhas :)









A putef Guerra ao ataque por terras da Bairrada

A subidinha engraçada para o Monte Novo :)

Xiuuuu...eu é que sei :)

A reabastecer no café de Monte Novo


Diz quem viu que andaram 2 pessoas 1 dia a colocar este sinal...possívelmente devido aos efeitos do nectar de Bairrada deu nisto :)

Descida onde o Eduardo caiu e foi projectado contra aquele pequeno muro de blocos


Em Trezoi





A chegar a Vila Nova nada melhor que relaxar ao som da água cristalina do rio Angarna


2 comentários:

João Silva disse...

Até me admirava se não fosses descer escadas sua louca :p

Excelente como de custume, palavras para quê.

João disse...

Bem, devo-vos dizer que por pouco não me aconteceu o mesmo que aconteceu ao Eduardo.
Entrei nessa curva com alguma velocidade e estava a ver que não conseguia parar a tempo, uma vez que a curva era bastante fechada.
Felizmente consegui parar, pois se não tivesse conseguido, o mais certo era ter aterrado em cima do telhado. eheh
Ainda assim fiquei com a roda traseira em cima do muro porque fiz a curva praticamente toda sobre a roda da frente. lol

Rapidas melhoras ao Eduardo.
Saudações betetistas

BTT Albergaria